Aceite-se

Durante minha caminha da vida, aprendi muita coisa.
Uma delas é que primeiro temos que cuidar de nós mesmos.
Aprendi também que devo aceitar a mim mesma, vou explicar o porquê:
Por muito tempo fui uma pessoa que precisava agradar a todos, fazia tudo para que meus amigos e familiares gostassem de mim, fui uma pessoa muito boazinha - fiz tudo de coração, eu confesso. Aceitei muita coisa só para não magoar ninguém, mas eu sempre me magoava no fim das contas.


Hoje, aprendi que quem gostar de mim tem que gostar pelo que sou não porque só agrado ou faço tudo que me pedem. Se alguém me pede para fazer algo e não posso fazer naquele momento, eu falo com jeito para a pessoa:  “fulano, agora eu não posso fazer tal coisa”..., se a pessoa não compreender paciência.
Lógico, a maturidade vem com o tempo e também com os aprendizados, depois que parei de fazer tudo o que eu não podia, alguns “amigos” se afastaram (graças a Deus), outros me disseram que não sou mais a mesma pessoa, nisso eu concordo, sabe porque?
- Aprendi a me colocar como prioridade;
- Aprendi que dizer não é saudável;
- Aprendi a dizer sim quando realmente posso dizer;
- Aprendi que as pessoas devem gostar de mim como sou, não por interesse;
- Aprendi a não me magoar só para agradar o outro;
- Sou mais madura, porém, tenho muito que aprender nessa vida;
- Sou um ser em construção;
- Se eu errar hoje, amanhã posso acertar (depende da situação, né gente).

E você, o que aprendeu nessa caminhada da vida?

Beijos

Crédito da imagem: http://pedevela.blogspot.com.br/2013/04/correndo-atras-aceite-se-do-jeito-que.html
Comente com sua conta Blogger
Comente com sua conta Facebook
Comente com sua conta Google+

1 comentários :

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante!
Obrigada por compartilhar sua opinião :)